quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Angélica Araújo

Nosso Café recebe hoje a escritora Angélica Araújo, autora do livro 'Cá entre Nós'. 
Cá entre Nós, fazia algum tempo que estava querendo  levar esse papo com a autora que conheci há algum tempo através do Twitter.  Ela é inteligente e muito talentosa.
Seja bem vinda Angélica!

                              


Angélica Araújo tem 30 anos, é carioca, casada e formada em História (licenciatura). Desde a infância, uma sonhadora e apaixonada por leitura, música e desenhos animados. Adora redes sociais e dentre outros gostos, é fã da cantora Elis Regina e do escritor Max Lucado.




J.M.: O que te inspirou escrever 'Cá entre Nós'?

A.A.: Primeiramente me vejo hoje inspirada é por Deus para conseguir achar um lado bom até em algo que só pareça ter um lado: o ruim. É claro que às vezes custo a entender algumas coisas, mas o otimismo e a fé agora normalmente me acompanham. Por conta disso, acabo sendo vista pelos meus amigos como alguém capaz de dar ótimos conselhos – embora eu obviamente precise de muitos. Consequentemente, a inspiração surgiu dos relacionamentos interpessoais e das demais situações envolvendo o cotidiano em si. Toda vez que conversava com alguém eu acabava citando frases que eu mesma anotava depois (risos). É como se no decorrer de um diálogo uma lição surgisse – principalmente para mim. Eu começava a enxergar os fatos de outro modo após perceber que cada pessoa tem um conflito e que não estamos sozinhos quando se trata de dificuldades para lidar os dissabores da vida - comumente encarados como algo menos complexo por quem está de fora. Daí a impressão de que somos bons em ajudar. Eu escrevi me lembrando também do que vejo nas redes sociais. Incluindo seus benefícios e suas divertidas incoerências. Eu acho graça, por exemplo, ao ver alguém que se expõe ao extremo postar constantemente sobre inveja. É intrigante ver a quantidade de “amigos” marcados nos posts daqueles que juram ter pouquíssimos amigos (geralmente “contado nos dedos”), mas facilmente superando o número de vinte pessoas.  Por encarar tudo de forma bem-humorada, achei interessante falar sobre isto. Entretanto, o livro aborda temas comuns aos que não se interessam tanto pelo ambiente virtual. Amor-próprio, diferenças entre homens e mulheres e coragem para lutar pelos objetivos são algumas das crônicas que fazem parte desta deliciosa combinação. Enfim, acho que é só isso tudo (risos).

J.M.: Acredito também que não há nada mais interessante que o cotidiano. Tudo depende de como as situações são vistas. E tratar de assuntos sérios de forma bem-humorada são para pessoas com diferencial.



 J.M.: Você atingiu seus objetivos com o livro?

A.A.: Embora tenha sido lançado há apenas três meses, creio ter atingido o meu objetivo sim. Quem leu disse exatamente tudo o que eu gostaria de ter escutado. Tratar de assuntos sérios de forma bem-humorada e abordar o que ocorre nas redes sociais sem parecer uma crítica ao comportamento alheio era de fato a minha finalidade. Além de naturalmente desejar que as pessoas fossem tocadas e levadas a refletir. Felizmente foi basicamente esta a impressão que os leitores tiveram. Quanto aos livros vendidos, ainda que poucos, também fiquei satisfeita. Sou uma desconhecida que fala sobre autoajuda e muitas questões pertinentes ao comportamento humano. Assim como costumamos dar ouvidos aos que conhecemos, certamente um conteúdo deste gênero requer um pouco mais de tempo, paciência e muita divulgação para “cair no gosto” de quem se identifica com o tema. Costumo declarar que a semente foi lançada, agora está sendo regada com muito cuidado, e futuramente, no seu tempo próprio, poderei saborear os seus frutos.


J.M.: Sabe Angélica te achei muito inteligente e muito talentosa através do que conversamos e do que tenho lido escrever, espero que esse bate papo e outros tantos que estão por vir lhe ajude a ganhar essa visibilidade. Com isso na verdade quem ganha é o leitor, um livro de auto ajuda só tem a acrescentar em nossas vidas.


J.M.: Cá entre nós Angélica, o que você curti, comenta e compartilha no mundo literário?

A.A.: Curto muitas coisas... Livros do próprio Clube, livrarias que costumam das dicas para novos escritores, mas não sou muito de comentar nem de compartilhar sobre o mundo literário em si.

J.M.: O que a incomoda nas redes sociais ao ponto de surgir o desejo de tal fato desaparecer?

A.A.: Ver fotos de tragédias e discussões ofensivas sobre religião, visão política e desrespeito ao próximo de um modo geral me deixam bastante incomodada.

J.M.: Somos duas então (risos).



J.M.:   Deixe uma mensagem para seus leitores!

A.A.: Só tenho a agradecer a cada pessoa que gastou um pouquinho do seu tempo lendo sobre a minha obra e sobre mim. Desejo tudo de melhor para cada um. E assim como a proposta do meu livro, espero que não desistam dos seus sonhos, por mais loucos e absurdos que eles possam parecer. Sonho mantém a gente vivo, com vontade de levantar no dia seguinte e com coragem para enfrentar o que quer que seja. Acreditem em vocês e na força de um pensamento positivo sobre o que tanto almejam, pois Deus se encaminha de fazer com que as coisas aconteçam no momento certo. Obrigada, mais uma vez!

J.M.: Com certeza um sonho é tudo e vale uma vida. 



J.M.: Parabéns Angélica pelo livro! Muito obrigada por sua entrevista ao “Um Café e Um Livro”.
Foi um prazer ter você nessa conversa boa demais, e  fico feliz de estar aqui  conosco desde o início.
Muito obrigada a todos que visitam o Blog Divulga Autor.
Confiram o livro ‘Cá entre Nós’ no link abaixo!




Para Angélica a internet é fundamental na divulgação de livros.  E além de outras finalidades, crê ser atualmente uma poderosa ferramenta para divulgação de um modo geral. Através do Facebook, Twitter e agora deste Blog, que foi muito bem pensado, que está sendo bem administrado e tratando com transparência e muita seriedade a todos os  novos Autores.


Não perca tempo, corra e adquira logo o seu!



Links de venda do livro:

Fanpage do Livro:





Por: J.M

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Leitores, espero que tenham gostado do que leram!
Sejam sempre bem vindos!
Fiquem à vontade!