Categorias

Mostrando postagens com marcador Livros e Filmes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Livros e Filmes. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

A Bela e a Fera


La Belle et la Bête - A Bela e a Fera é um livro de Jeanne-Marie Leprince de Beaumont.
Não consegui encontrar a data do lançamento original, porém a escritora viveu entre 1711 a 1780. Sua primeira obra foi lançada em 1748.

A história fala de um príncipe que é transformado em uma fera e uma jovem mulher chamada Bela que ele aprisiona em seu castelo.
Para se tornar príncipe novamente, a Fera deve amar Bela e ganhar seu coração, ou ele será Fera para sempre.

O filme da capa foi lançado em 1991 com direção de Gary RTrousdale e Kirk Wise.

Em 2011 foi lançada uma versão com Vanessa Hudgens e Alex Pettyfer.
Uma versão divertida e emocionante onde nós mulheres incrivelmente nos apaixonamos pela fera. (Risos).
O livro, certamente muitos já leram ou ouviram quando criança, mas sinceramente vale a pena procurar a história original que é um pouco mais longa.
Os filmes relacionados também são muito conhecidos.
É um romance estranho que tem um final feliz.

Leiam e assistam!!! :)


Por: R.K. :) 

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Romeu e Julieta


Escrito por William Shakespeare entre os anos de 1591 e 1595, Romeu e Julieta é considerado o arquétipo do amor juvenil.
Tragédia em seu fim; relata um amor proibido de dois jovens de famílias rivais.

Não posso dizer muito sobre a peça teatral que hoje encontramos como livro, pois ainda não tive a oportunidade de ler.
Mas todos nós conhecemos um pedacinho aqui outro ali de Romeu e Julieta.
E o romance com certeza influencia ainda hoje, pois até mesmo em sorveteria encontramos o sabor Romeu e Julieta e em padaria encontramos o biscoitinho de queijo colado com doce de goiaba que levam o nome do casal.

Amor adolescente que atravessa séculos e séculos.

O filme escolhido como capa, foi lançado no ano de 1968. Dirigido por Franco Zeffirelli e roteiro baseado na obra original de William Shakespeare.


Por: R.K. :)
Capa 1 por E.F.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Auto da Compadecida



Certamente o filme brasileiro que mais gosto até os dias de hoje. Não desmerecendo ninguém, mas esse ficou na memória.
Eu não conheço o livro, mas está em minha lista de espera.

A história tem uma mistura de drama e comédia e aborda aspectos culturais e religiosos do nordeste.
Quem não riu com João Grilo e Chicó não sabe o que está perdendo.
João Grilo mentiroso de nascença e Chicó o maior covarde do sertão. 
Eles se envolvem com um cangaceiro, com a mulher do padeiro, com a filha de um fazendeiro 'perigoso'. Bom, são várias as aventuras vividas pela dupla. Garantia de muita risada.

Para quem não conhece, eu recomendo. E para quem conhece, recomendo que vejam de novo. E claro que leiam o livro.

Livro de Ariano Suassuna lançado em 1955.
Filme dirigido por Guel Arraes e roteiro de Adriana Falcão. Lançado em 2000.


Por: R.K. :)

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O Morro dos Ventos Uivantes!


Hoje trago um livro interessante por sua complexidade de sentimentos e delírios (Risos).
O Morro dos Ventos Uivantes!
Livro da escritora britânica Emily Brontë, lançado em 1847.

Não concordo com a posição mimada de Catherine Earnshaw com seu amado Heathcliff.

Para quem já leu o livro, fica fácil entender do que estou falando. Mas para quem ainda não leu, recomendo que leia. Apesar de ter ficado frustrada com algumas cenas, é um ótimo livro que vem rompendo barreiras através do tempo.

Sobre o filme, infelizmente assisti uma versão não muito gloriosa que nem de perto lembrou o livro. Não citarei o ano para não ‘ofender’ seu produtor.
Mas indico no Livro e Filme de hoje a adaptação de 1939 dirigido por William Wyler e com roteiro de Charles MacArthur.
Só deve ser um pouco difícil para encontrar devido à data muito antiga.


A história conta sobre um viajante perdido em meio a uma tempestade nas montanhas, que consegue chegar a uma casa onde vive uma estranha família.
À noite, ele parece ver um fantasma de uma mulher. Então a criada Ellen resolve lhe contar a história da família.
Começa com a chegada do órfão cigano Heathcliff, trazido pelo dono da casa, o Sr. Earnshaws.
Imediatamente hostilizado pelo filho Hindley, ele a tudo suporta por sua paixão por Cathy, a filha.
Quando o pai deles morre, Heathcliff perde toda a proteção e passa a ser o cavalariço da família.
Cathy, apesar de apaixonada por Heathcliff, anseia por uma vida melhor e acaba se envolvendo com seu rico vizinho, o elegante Edgar.
Esse romance destrói a relação dela com Heathcliff, que foge de casa, mas retorna dez anos depois como um rico proprietário, disposto a se vingar de todos que o humilharam.
O fim dos dois é triste e vale a pena ler o livro. Já o filme, não se decepcione no primeiro, pois é uma adaptação difícil e que ninguém conseguiu levar a mesma emoção transmitida pelo livro, (assim dizem os críticos).

Espero que tenham gostado!


Pesquisa realizada no Wikipédia.


Por: R.K. :)


quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Lua Nova


Lua Nova continua a nos contar a história de Edward e Bella iniciada em Crepúsculo.
Um vampiro que não resistiu aos ‘encantos’ de uma jovem. (Risos).
Na verdade, Lua Nova, nos conta como Edward abandona Bella depois de um acidente com o papel de presente no aniversário dela.
Bella sofre muito e encontra em seu amigo Jacob Black seu refúgio, pois vivendo momentos de perigo ela consegue ‘ver’ seu amado Edward.
Após ir ao cinema e Jacob se descontrolar com Mike, ela não tem notícias dele por um longo tempo. Quando decide ir ver o que está acontecendo e o mesmo também a abandona dizendo que não podem ser amigos.
Bella sofre mais uma vez e começa a viver as aventuras “quase fatais” sozinha.
Onde toda a confusão começa, pois Alice vê quando ela pula do penhasco e não tem mais notícias dela, pois não consegue ver através do Jacob.
Edward decide ir para a morte por não conseguir viver sabendo que Bella está morta.

O fim é emocionante, pois não sabemos se a Bella, levada por Alice até Edward, conseguirá chegar a tempo e impedir que ele se exponha causando a ira dos Volturi.

Bom, sou suspeita quando falo da série Twilight, pois, depois de desdenhar o primeiro livro e o filme (antes de ler e ver) fui surpreendida pelo novo.
Podem existir outros (mas não conheço) vampiros que brilham; que amam; que não ficam com o rosto deformado quando se ‘transformam’.
A autora quis fazer algo diferente e foi muito criticada pelos ‘profissionais’ da área.

Minha humilde opinião: se algo (livro, filme, música, produto de consumo; qualquer coisa) faz sucesso entre o público, é porque é bom. Os críticos existem para encontrar ‘defeitos’ e isso é bom para a melhoria dos produtos, mas existe muito exagero e isso além de atrapalhar o ‘dono’ desse produto, pode ser a mais pura loucura ou ilusão de quem está criticando.

Quem leu e assistiu tem sua opinião sobre a série. E quem ainda não leu ou não assistiu, leia e assista, pois, por mais que sua opinião seja ruim no final, ainda é cultura. (Cultura?) Sim, cultura. Aquilo que não nos acrescenta não nos diminui, apenas não é aproveitado. E ler e ver o trabalho de outra pessoa é sim uma forma de cultura.


Livro de Stephenie Meyer, lançado em 2006.
No Brasil em 2008.

Filme dirigido por Chris Weitz, produzido por Mark Morgan e Wyck Godfrey.
Roteiro de Melissa Rosenberg.
Lançado em 2009.


Muito obrigada por sua visita!


Por: R.K. :)

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Jogos Vorazes - Em Chamas



Em Chamas, marca o início das rebeliões dos distritos.
São cometidos assassinatos de pessoas que estão influenciando os outros contra a Capital.
O jogo do ano será realizado com 24 vencedores de edições anteriores, uma forma que o presidente Snow encontrou para punir o casal do distrito 12 vencedor do ano anterior, Katnnis e Peeta.
Começam os rumores sobre a existência do distrito 13 e com isso as rebeliões ficam mais violentas.

Muitas ‘aventuras’ no segundo livro/filme da série Jogos Vorazes!!!

Como o filme está em cartaz, não falarei muito, para não ser estraga prazer.
Assistam e leiam!!!


Autora do livro: Suzanne Collins
Filme com direção de Francis Lawrence e roteiro de Michael Arndt, Simon Beaufoy e Suzanne Collins.



Por: R.K. :)

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

O Diário de Bridget Jones



Sua autora começou a escrever sobre Bridget Jones para a coluna de um jornal em meados dos anos 90. Uma personagem de 30 anos que buscava o amor em Londres.
O livro “O Diário de Bridget Jones” foi lançado em 1996 e foi um sucesso mundial, representando o início da literatura cômica sobre mulheres.

O filme tem como roteirista a autora do livro e foi lançado em 2001.


Bridget Jones, com 30 anos, decide em uma daquelas longas listas de início de ano, escrever um diário.
A cada capítulo temos um dia da vida dela, onde ela revela seus defeitos e suas qualidades.
Ela relata com humor coisas do dia a dia que estão presentes na vida de muitas mulheres com essa idade.


Não sabia que era um livro até uns meses atrás e confesso que estou louca para conhecer. Vi o filme e ri muito e também tive meus momentos de pena dela e raiva de um dos rapazes e às vezes dos dois.


Livro escrito por Helen Fielding e lançado em 1996.
Filme dirigido por Sharon Maguire; roteiro de Helen Fielding, Andrew Davies e Richard Curtis; lançado em 2001.



Pesquisa realizada na internet canais “Uai” e “Wikipédia”.


Por: R.K. :)

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

O Diabo Veste Prada


O mundo da moda não é para iniciantes. Especialmente em Nova York. Para conquistar espaço - o mínimo que seja - é preciso muitas vezes experimentar o pão que o diabo amassou. Ou mesmo vender a alma ao dito-cujo. Mas será que vale a pena tanto sacrifício?
Com conhecimento de causa, Lauren Weisberger lança a questão com charme e bom humor em seu romance de estréia, "O Diabo Veste Prada", que revela, em detalhes, histórias de personagens facilmente identificáveis no mundinho fashion de Nova York.
Andrea Sachs, uma garota do interior recém-saída da faculdade, consegue o emprego que seria o sonho de consumo de milhões de mulheres: é contratada como assistente de Miranda Priestly, lendária editora da revista Runway.
Mas é aí que começa seu real pesadelo, pois sua chefe é um verdadeiro demônio.
Além de fazer toda a sociedade nova-iorquina temê-la por seu poder de erguer ou destruir uma carreira, transforma a vida de seus subordinados em um verdadeiro inferno, exigindo as tarefas mais absurdas 24 horas por dia. Neste romance, os leitores acompanham as desventuras de Andrea com muito humor e conhecem um pouco sobre a vida das celebridades e do mundo fashion. Coincidência ou não, a autora do livro, Lauren Weisberger, teve uma experiência de trabalho muito semelhante à de Andrea. Ao sair da universidade, foi trabalhar como assistente de Anna Wintour, lendária editora da Vogue americana.


Esse é um resumo de tudo o que encontrei sobre o livro pesquisando na internet  a sinopse dele.

Minha humilde opinião:
É muito legal, você ri muito também e claro quer matar a chefe da garota. (Vi o filme).
Vale a pena ler e ver!

O livro foi lançado em 2003, escrito pela já mencionada Lauren Weisberger.


O filme foi lançado em 2006, dirigido por David Frankel e o roteiro de Aline Brosh McKenna.




Por: R.K. :)


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Crepúsculo







Hoje trago um livro que teve repercussões negativas e positivas. Mais do primeiro, porém as vendas do livro e a bilheteria e artigos relacionados ao filme, dizem o contrário. Afinal, se é tão ruim porque teve tanto sucesso no primeiro e suas continuações?

Twilight é amado e odiado. Quem ama defende com todos os argumentos que tem. E quem odeia, odeia com a mesma intensidade e acrescenta críticas que nem sempre podem ser levadas a sério pelos fãs.

Twilight é um romance que conta a história de uma garota, Bella Swan, que muda de vida totalmente. Abandona o sol ao lado da mãe para ir morar com o pai em uma cidade onde sol é coisa rara.

Na nova escola e cercada de novos amigos ela observa o estranho garoto, Edward Cullen. Esse é só o início de uma amizade/romance estranho entre eles.

Bella se apaixonará perdidamente por ele, colocando sua vida e de sua família e amigos em perigo.

Edward Cullen é um vampiro e onde existe um podem existir outros...



Livro lançado originalmente em 2005 e escrito por Stephenie Meyer.


Filme lançado em 2008, dirigido por Catherine Hardwicke e adaptado por Melissa Rosenberg.



Até a próxima!




Por: R.K. :)


quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Eu sei o que vocês fizeram no verão passado!



Este filme leva o mesmo nome do livro de Lois Duncan de 1973.



 “Na verdade, a única semelhança entre o filme e o livro é a premissa inicial: Quatro amigos se formam, pegam o carro, atropelam uma pessoa, se livram do corpo e fingem que nada havia acontecido. Tirando isso, ambos são bem diferentes.” Palavras de Mikael do Blog Divisão Literária.

Visitem: Divisão Literária!



O filme se passa em uma pequena cidade costeira e quatro adolescentes - Julie, Helen, Barry e Ray - atropelam e supostamente matam um desconhecido.
Com medo das consequências deste acidente, decidem se livrar do corpo e o jogam no mar.

A vida de cada um toma rumos diversos e um ano depois, eles se reencontram na mesma cidade e uma das jovens recebe um bilhete dizendo:

"Eu sei o que vocês fizeram no verão passado".

Deste momento em diante mortes acontecem, todas causadas por um gancho de pescador.
O filme teve 'continuação' em "Eu ainda sei o que vocês fizeram no verão passado" e "Eu sempre vou saber o que vocês fizeram no verão passado". 




Para quem assistiu na época (anos 90) sabe que é um suspense bem legal. E quem não assistiu, assista!

Claro que todos temos opiniões diferentes e já surgiram outros filmes emocionantes desde 1997 e outros não lembrados (por mim) no momento antes dele.

Confesso que não conheço o livro e pouco posso dizer sobre. Mas fica a dica legal, sobre um livro antigo.

Quem já leu, deixe seu comentário se gostou ou não.

Obrigada por visitarem “Livros e Filmes”!





Livro de Lois Duncan

Filme dirigido por Jim Gillespie com roteiro de Kevin Williamson.



Por: R.K. :)

terça-feira, 17 de setembro de 2013

O Exorcista





Esse filme de terror foi inspirado no livro de William Peter Blatty e foi o primeiro filme do gênero a vencer o Oscar com duas estatuetas: Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Som.

A história conta sobre a jovem 'Regan MacNeil' de onze anos, que tem seu corpo dominado por um demônio chamado Pazuzu liberado durante as escavações no Iraque. Filha de uma famosa atriz; ficou doente inexplicavelmente e após vários tratamentos médicos sem solução, a mãe de Regan procura um jesuíta local, padre Damien Karras. Ele é psiquiatra e no primeiro momento recusa-se a acreditar que ela esteja possuída, pois sua fé estava abalada pela perda da mãe. Começa a cuidar do caso olhando pelo lado médico, até que ao encontrar algumas vezes a menina, acredita por fim ser preciso uma cerimônia de exorcismo.

Há boatos de que a história seja baseada em um caso real.

Para quem gosta do gênero é uma boa escolha.


Autor do Livro: William Peter Blatty. Lançado em 1971.

Direção do Filme: William Friedkin. Lançado em 1973.

Por: R.K. :)

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Jogos Vorazes




Panem surge após o fim da América do Norte e é formada pela Capital e seus doze distritos.
Jogos Vorazes é para os cidadãos dos distritos uma punição, depois que o Distrito treze se rebelou contra a Capital.
A competição é anual e transmitida ao vivo pela televisão. Um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte.
Katniss pega o lugar de Prim sua irmã, que teve a infelicidade de ser sorteada. E Peeta é o garoto que irá representar o Distrito Doze ao seu lado. Para Katniss é muito ruim, pois se ela precisar matá-lo, não sabe se conseguirá porque um dia recebeu sua ajuda.
Para os competidores só há dois caminhos: caso vença terá fama e fortuna. Caso contrário morre.


O livro de Suzanne Collins foi originalmente publicado nos Estados Unidos em 14 de setembro de 2008 pela editora Scholastic, em Portugal 20 de outubro de 2009 pela Editorial Presença e no Brasil 29 de maio de 2010 pela Rocco.
O filme foi lançado em 2012 com direção de Gary Ross.
Roteiristas: Gary Ross, Suzanne Collins e Billy Ray. 


Por: R.K. :)

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

A Garota da Capa Vermelha





Ambos lançados em 2011, livro e filme contam a história da ‘Chapeuzinho Vermelho’ de uma forma mais aterrorizante.
Um pequeno vilarejo que sacrifica seus melhores animais em nome de uma ‘trégua’ com um lobo faminto que já matou a muitos.
Mas com a aproximação da lua vermelha (ou lua de sangue), Valerie se vê obrigada a casar com um rapaz que não ama após sua irmã ser morta.
No desenrolar da história, alguns segredos são revelados, incluindo dois triângulos amorosos. Um do passado e um do presente.
O final é surpreendente!!!

É muito prazeroso ler primeiro e imaginar o que irá acontecer para depois assistir ao filme e ver se sua imaginação estava certa ou não. Mas para quem quer começar pelo filme, também é legal, só não vale ter ‘preguiça’ e não ler o livro depois.


Autora do livro: Sarah Blakley Cartwright
Filme: Foi dirigido por Catherine Hardwicke, com roteiro de David Leslie Johnson.

Por: R.K. :)